O Papel do Olfato na Relação Sexual

29 de Setembro de 2015

O Papel do Olfato na Relação Sexual

O olfato é o sentido que mais nos aproxima dos nossos colegas animais. Até o mundo mineral sabe que a relação cheiro-sexo entre os bichos é fundamental em quase todas as espécies sendo que é pelo odor que o macho reconhece a fêmea no cio. Aqui vai uma curiosidade, as campeãs são as mariposas: o “mariposo” sente o cheiro de sexo a dois quilômetros de distância. É um tarado.


Cada ser humano tem o seu cheiro específico, e o olfato tem um poder de memória surpreendente, por isso sempre é válido usar um perfume como arma de sedução. Se o odor liberado pelas pessoas é quase imperceptível aos nossos narizes, gotas de perfume podem marcá-lo para todo o sempre na lembrança de alguém.


Pra se ter uma ideia da importância do olfato na sexualidade, pessoas com deficiências olfativas, perdem, consequentemente o apetite sexual. E a atração entre casais está tão ligada ao cheiro, que cientistas italianos descobriram que um relacionamento começa a ruir quando um dos parceiros já não suporta o cheiro do outro.


Recentemente passou-se a dar muita importância aos ferormônios na atração sexual. Descoberto primeiramente entre os insetos, os ferormônios são odores liberados pelo corpo, detectáveis pelo sexo oposto de mesma espécie.


Os pesquisadores que defendem a Teoria dos Ferormônios acreditam que, quando rola uma reação química que resulta em sensações prazerosas, pode nascer uma paixão, ou simplesmente é encaminhada uma mensagem ao cérebro: “Sexo”. Daí que para estes especialistas, o amor à primeira vista nada mais é do que a comprovação da atuação dessas substâncias.


Por outro lado, há aqueles estudiosos que não acreditam na atuação dos ferormônios entre os humanos, já que nada foi provado ainda, ou apenas minimizam sua importância na atração sexual, uma vez que nós humanos construímos padrões de beleza que são extremamente dependentes do apelo visual.


E como não poderia deixar de ser diferente, tem muita gente ganhando dinheiro com perfumes, óleos, essências e seja lá mais o quê. Não caia nessa furada, além do papel dos ferormônios ainda não ter sido comprovado, muitos produtos são feitos à base de ferormônios de outros mamíferos, e com certeza você não quer atrair uma porca deixando o porco enciumado.


Por isso, cabe lembrar, cada um tem seu cheiro próprio, e o olfato, apesar de ter perdido espaço para outros sentidos do ser humano ainda tem sua importância na área da sedução. Não à toa, quando perguntaram a Marilyn Monroe o que ela utilizava para dormir, ela respondeu: “duas gotas de Chanel nº 5”. E aí? Isso é sedutor o suficiente ou você precisa sentir os ferormônios?