O Melhor Esporte é Sexo

20 de Setembro de 2015

O Melhor Esporte é Sexo

Há algum tempo, circulavam pelas ruas, adesivos que diziam: “Esporte não é droga, pratique”.


A ideia central era oferecer uma alternativa de vida saudável aos usuários de substâncias tóxicas, e não necessariamente incentivar a prática esportiva, já que seria muito mais simples dizer: Pratique Esportes.


Não podemos negar os benefícios à saúde advindos da prática de exercícios físicos. Porém, cabe lembrar que, sexo também é um exercício, e uma vez utilizadas as devidas precauções, é muito mais salubre do que os esportes.


Homens que batem regularmente uma bolinha, os chamados peladeiros, têm muito mais chance de se machucar do que aqueles que optam por dedicar tempo à sua companheira. E não apenas os amadores correm esse risco, tomemos alguns exemplos como ilustração:


No campeonato brasileiro de 2010, houve uma média de 10 jogadores machucados por rodada. Ronaldo passou boa parte da carreira em recuperação. Romário foi cortado da copa de 1998 por estar lesionado às vésperas da competição.


Mesmo Pelé que tinha uma excelente estrutura física se contundiu nas Copas de 1962 e 1966, além de ter chegado machucado para a Copa de 1958. Mas você pode dizer: “ah, é porque o futebol é um esporte de contato”. Então vamos a outros casos:


O tenista Gustavo Kuerten, o Guga, teve de operar o quadril em 2002, daí em diante o tricampeão de Roland Garros nunca mais foi o mesmo, encerrando a carreira anos depois. A saltadora Maurren Maggi, deixou de disputar o Troféu Brasil de 2010, por medo que uma contusão lhe acometesse novamente. Diego Hipólito está machucado no momento em que escrevo, teve de refazer os ligamentos do pé – alguma coisa assim. A Dayane dos Santos, já foi prejudicada no Pan por lesão e depois das Olimpíadas de Pequim sofreu uma operação no joelho. Isto posto, passemos ao lado B história.


Exercício bom mesmo é sexo. Em uma relação sexual de meia hora, 85 calorias são queimadas. Pra quem acha muito, ou está sem tempo, fazendo uma conta simples, uma rapidinha pode queimar por volta de 30 calorias.


Ninguém pode ir dormir com os anjinhos, se está com pensamentos pecaminosos na mente. O orgasmo liberta, relaxa, traz a sensação de paz, equilíbrio e serenidade, fazendo com que a pessoa durma melhor; combate as cólicas da TPM, atua no sistema nervoso e alivia enxaqueca, estresse e até mal-olhado se bobear; melhora a viçosidade da pele, deixando a aparência mais jovial e saudável; ajuda o sistema imunológico no combate a gripes e infecções. Quem tem uma vida sexual ativa, tem menos chances de ter infarto, derrame ou ser traído. E além de tudo isso o sexo fortalece vínculos afetivos, o que proporciona estabilidade emocional.


Mas para que o sexo seja um aliado na busca por uma vida saudável, é preciso que seja feito de maneira segura, se for oral, vaginal, anal ou o que você inventar, use sempre preservativo. Faça sexo sempre que puder, e nos intervalos das relações, não use drogas, pratique esporte.